Viajar barato não é uma missão complicada, embora sejam os custos uma das maiores razões pelas quais as pessoas tendem a deixar as viagens em segundo plano.

Ao planejar uma viagem é impossível não lembrar que as férias, embora muito boas, demandam recursos que nem sempre estão disponíveis.

Como viajar barato é a pergunta que o post de hoje promete responder! Seguindo nossas dicas você pode deixar suas férias mais baratas e aproveitar sem maiores preocupações.

Vamos lá?

1 – Escolha as melhores datas

 

Se você não tem filhos e não depende das férias escolares para viajar, aproveite para tirar sua folga em datas menos procuradas.

A alta temporada apresenta valores altos para tudo: passagens, hotéis, passeios e até restaurantes. Sem dizer que o seu destino vai estar muito cheio!

Já nos períodos menos procurados, fica mais fácil viajar barato, já que a demanda é menor e sobram opções para você escolher o seu destino, passagens e hotéis.

Uma dica: em alguns lugares a baixa temporada não é à toa, alguns destinos são menos atrativos em algumas épocas. Não deixe de checar questões meteorológicas e disponibilidade de algum passeio que você queira fazer.

2 – Programe-se com antecedência

Calma que viajar barato não é impossível para você que tem filhos ou que não tem como fugir da alta temporada! Neste caso, a dica é se programar..

A antecedência é a palavra-chave para quem busca economizar. Buscando passagens aéreas e hotéis antes de todo mundo, você tem chances de encontrar opções bem mais baratas.

3 – Busque opções mais em conta em hospedagem

 

Aqui é importante pesquisar e comparar as opções. Escolha um hotel que atenda suas necessidades, mas que ao mesmo tempo seja funcional – este é o atalho para a economia.

Para viajar barato, escolha um hotel que seja próximo dos pontos turísticos e outras atrações, de modo que você economize nas corridas de táxi ou no transporte público.

Se possível, outra opção para economizar em hospedagem é procurar hostels e pousadas. Tanto em um quanto em outro, as diárias costumam apresentar valores melhores.

4 – Compare preços de voos e hotéis

Outra palavra que deve estar na ponta da língua de quem quer viajar barato é “comparar”. Sempre compare preços de voos, hotéis, pacotes e aluguel de carros.

Os valores entre diferentes agências e companhias aéreas podem variar muito. Então, por que não pagar mais barato pelo mesmo serviço, né?

5 – Use aplicativos

Viajar barato ficou muito mais fácil com ajuda dos aplicativos. Como tem app para tudo hoje em dia, você pode tirar proveito disso para muitas funções.

Você pode usar o app do Mundi para encontrar passagens, hotéis e aluguel de carros. Existem apps que podem te ajudar a economizar durante a viagem. É possível descobrir e ler avaliações de restaurantes , assim como encontrar bancos, farmácias e outros estabelecimentos com muito mais facilidade com aplicativos de mapas.

Os apps que também te ajudam a viajar barato são os de transporte, como o Uber, Cabify, 99 etc. Faça uma comparação de preços entre eles toda vez que precisar e opte pelo mais barato!

6 – Procure descontos em compras coletivas

Uma dica de ouro para viajar barato é se cadastrar em sites de compras coletivas que concedem ótimos descontos na cidade para a qual você irá viajar.

Imagina só tomar café da manhã, almoçar ou jantar com descontos que chegam aos 50%? Encontrar esses serviços não é muito difícil.

Você pode dar sorte e expandir essa facilidade para passeios e outras atrações como parques, museus, galerias e muito mais!

7 – Procure saber sobre as visitas gratuitas

 

Quase todo museu, por exemplo, tem um dia da semana que é gratuito. Programe sua agenda para estar lá nos dias ou horários em que são gratuitos ou mais baratos.

Mas lembre-se de chegar cedo, pois geralmente é o dia em que todo mundo reserva para visitar a atração e, por isso, é provável estar muito cheio.

Outro programa interessante é pegar os City Tours gratuitos. Praticamente toda cidade tem um serviço oferecido por estudantes que mostram os principais pontos da cidade por gorjetas.

Geralmente esses passeios levam umas três horas e é bastante informativo. Para quem está viajando sozinho, é uma ótima oportunidade de conhecer outras pessoas.

Para aproveitar os Walking Tours, pesquise pelo serviço na cidade para onde está indo. No site estão todas as informações sobre locais e horários.

8 – Monte um roteiro estratégico

Para viajar barato, tente montar seu roteiro totalmente otimizado de uma maneira tal que um ponto de interesse se conecte a outro.

Por exemplo, ao invés de voltar várias vezes ao mesmo bairro para diferentes atrações, procure explorar tudo que ele tem a oferecer em um único dia.

Fazendo isso, você aproveitará muito o dia sem gastar muito dinheiro de locomoção.

9 – Pergunte aos moradores locais

Não tenha vergonha de perguntar aos moradores locais onde são os restaurantes ou lugares de compras mais baratos.

Você também pode pedir dicas de coisas a serem feitas ou opções de restaurantes e bares para eles. Geralmente os moradores locais sabem de lugares incríveis que não estão no radar.

10 – Fique de olho no orçamento

Seja anotando ou usando algum aplicativo no celular, ficar de olho no orçamento é primordial para quem quer viajar barato.

Tendo esse controle, você saberá se está gastando muito, pouco ou se está dentro da média pré-estabelecida. Para esta função, não confie na cabeça. Afinal, sua cabeça está de férias!

 

Fonte- Blog Mundi

  • SHARE

Comments are off this post