Viajar de avião com bebês e crianças pequenas é um verdadeiro desafio. Quanto menor for a criança, menos controle da situação os pais têm na hora de encarar um voo. Mas é possível minimizar os problemas e tornar a viagem mais confortável e divertida para os pequenos.

Entre as principais recomendações estão levar jogos, livros ou brinquedos para distrair as crianças, lanchinhos e água, um travesseiro para a hora do sono e mudas extras de roupas. Para voos longos, por exemplo, dê preferência para os horários noturnos. Se a viagem for de dia, desperte sua curiosidade sobre o funcionamento do avião e as paisagens nas alturas! Confira todas as dicas e planeje suas férias!

1 – Kits de viagem

Uma ideia simples e eficiente: separe tudo o que julgar preciso em kits separados. Por exemplo: fraldas, lenços umedecidos, pomada e protetor acolchoado em um kit; uma muda de roupas quentes; uma muda de roupas leves; um kit de jogos e brinquedos; lanchinhos e água. Caso precise, não será necessário carregar a mala de mão inteira até o banheiro, somente o kit necessário.

2 – Lanchinhos

Muitas companhias aéreas oferecem comida especial durante voos (consulte sempre a companhia aérea, geralmente o pedido deve ser feito com antecedência). No entanto, é sempre aconselhável levar algumas guloseimas como bolachas, chás, água, uvas, passas, morangos e tomatinhos. Evite cafeína e chocolates antes do embarque, porque esses alimentos tendem a deixar as crianças mais agitadas.

3 – Roupas e travesseiro

Além de vestir seu filho com uma roupa bem confortável e tênis durante a viagem, é sempre recomendado que os pais levem duas mudas de roupas para casos de acidentes e um casaco, já que nem sempre o cobertor oferecido no avião é suficiente. Não se esqueça de levar um travesseiro, mesmo que o voo seja diurno. Crianças costumam dormir melhor com um travesseiro que já estejam acostumadas.

4 – Aterrissagem

Na hora do avião pousar é comum que a alteração de pressão, o que pode tampar os ouvidos e causar incômodo nas crianças. Para aliviar o problema, ofereça uma bala ou a chupeta para os pequenos. O movimento do maxilar ajuda a diminuir a dor. Ingerir líquidos durante a viagem também auxilia a regular a diferença de pressão.

5 – Brinquedos

Quanto maior o tempo de voo, maior a chance das crianças ficarem entediadas. Leve sempre na bagagem de mão opções para entretê-los, como brinquedos, livros de ilustrações e de colorir, além de eletrônicos (sempre com fones de ouvido, para não incomodar os outros passageiros!), como tablets, smartphones e DVDs portáteis.

6 – Horários

Em voos de duração mais longa, a dica é sempre optar pelos horários noturnos. Mas se o voo for curto, dê preferência para o dia e aproveite para distrair a criança com os aspectos da viagem, como observar as nuvens da janelinha.

7 – Documentação

Certifique-se de levar RG, certidão de nascimento e passaporte das crianças.

8 – Saúde

Dias antes da viagem leve a criança ao pediatra. Caso ela esteja doente, com nariz constipado, a pressão do avião irá piorar o problema e causar dores de ouvido na aterrissagem. A melhor solução é adiar a viagem.

9 – Assentos

Para quem tem uma criança de colo, a dica é ficar no primeiro assento, que possui mais espaço para os pés. Se for uma criança um pouco maior, procure ficar em assentos em que o apoio de braço levanta, assim a criança poderá deitar em seu colo.

10 – Paciência!

Esta talvez seja a dica mais importante. Tenha MUITA paciência! A viagem tira os pequenos de sua rotina e isso pode irritá-los. Tente planejar tudo com cuidado e ter sempre os itens necessários à mão. E, por fim, curta a viagem!

Fonte: CVC

  • SHARE

Comments are off this post