Viajar sozinho tem muitas vantagens, mas ao viajar com amigos, os custos podem ser menores: o aluguel do carro, a diária do hotel, a corrida do táxi e os famosos descontos para grupos estão aí para não me deixar mentir.

Mas, apesar dessa tentadora opção, é bom saber que é importante escolher bem as companhias de viagem para que o barato não saia caro e que você tenha que aturar reclamações e mediar conflitos durante a viagem. Claro que as chances disso acontecer sempre existem: nós sabemos que é quase impossível agradar a todos e corresponder a todas as expectativas.

É nessas horas que decisões como ‘que horas vamos acordar?’ ou ‘eu prefiro aquele outro restaurante!’ se tornam um problemão quase impossível de ser resolvido. É assim que as relações são testadas e são nessas horas que você deve praticar a velha e boa paciência. Pra te ajudar, aí vão algumas dicas.

Converse, converse e converse

Planeje, discuta e explique tudo antes da viagem. Tudo, tudo mesmo deve ser bem discutido e deve estar claro para todos. Durante a viagem, relembre as tarefas e responsabilidades. Confirme as atividades do dia posterior e organize-se de forma que todos sintam confiança absoluta nos planos traçados.

Viaje com quem pode viajar

O que eu quero dizer aqui é que é importante que os participantes da viagem saibam o quanto vão gastar e que eles tenham o mesmo padrão de viagem e de orçamento. Não é interessante, por exemplo, um participante querer ficar em um hotel cinco estrelas enquanto os demais vão para um hostel ou, quem sabe, alguém que tente influenciar os amigos a ir para um destino caro sendo que ele não está adequado ao orçamento dos demais. Isso é dor de cabeça na certa.

Fique de olho na papelada

Em toda viagem, por mais simples que for, é preciso saber se a documentação está em dia. Para o exterior, o passaporte, os vistos e o certificado de vacinação podem ser indispensáveis. Se a viagem for de carro, verifique se o licenciamento está pago, se a Carteira de Motorista não está vencida e se não há pendências com o seguro.

Na hora de comprar passagens, fazer reservas em hotéis e definir o melhor roteiro, a experiência de um bom agente de viagens pode aju4dar muito e evitar retrabalho. Não custa nada consultar quem entende.

Saiba lidar com imprevistos

Planejar uma viagem não significa que algo de errado não possa acontecer. O planejamento ajuda muito para que os imprevistos não aconteçam, mas eles podem surgir com uma cara feia querendo estragar a sua viagem. Nesses casos, tente ouvir os mais experientes na estrada e tente manter a calma. Perdeu o voo? Alguém se machucou? A reserva do hotel não estava confirmada? Pense e, em grupo, tente achar uma solução. Essa não é a hora de encontrar culpados, mas de agir em equipe para driblar o imprevisto. Se a decisão em grupo não for possível, decida sozinho e faça o que considerar prudente.

Aproveite para socializar

Se a turma for grande e tiver pessoas que não se conhecem, aproveite para marcar um encontro da galera. Assim, todos já partem para a jornada sabendo o mínimo sobre o seu parceiro e isso pode evitar atritos. Um churrasco, um happy hour ou qualquer tipo de encontro informal ajudam bastante nessas horas.

Fonte: www.penaestrada.blog.br

  • SHARE

Comments are off this post